Trabalho, 2017.

“Trabalho” é uma performance contínua baseada na tríade corpo/trabalho/performance. A proposta de “trabalho” consiste em marcar todos os pontos de trabalho na qual a casa dos minutos seja igual a casa do dia de trabalho. Assim, caso o dia seja 01 os minutos marcados no ponto biométrico serão 01, sendo dia 02, os minutos serão 02 e assim por diante. 

Essa experiência produz um exercício de condicionamento e autoconhecimento do próprio corpo e seus limites, a noção de erro, formas de mensurar o tempo,  além de refletir sobre questões do corpo no trabalho e o trabalho como performance no cotidiano.

"Trabalho", como performance diária, produz resíduos como o comprovante de ponto e a folha de ponto.

A performance aconteceu no período de março de 2016 a fevereiro de 2017. 

Edição de 3 + 1 PA