Rastro Indicial, 2016.

A partir da rotina de verificação do índice glicêmico (nível de açúcar no sangue) faço uso do meu sangue para realizar experimentações no campo da arte. Com um controle rígido dos exames de glicemia, fazendo em média cinco exames ao dia, a instalação apresenta a produção de um calendário, que mostra as aproximações dos desenhos feitos com sangue nas tiras e a performance diária desses testes.

 

Trabalho performado por Érica Storer na Exposição "Corpo Substância". Curadoria: Milena Costa - Galeria Ponto de Fuga - Curitiba, PR. 2018